O que é o teste de HPV? Falsos positivos, resultados, diretrizes

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


O que é o teste Cervista HPV?

O teste Cervista HPV, fabricado pela Hologic, é um teste que visa identificar a presença de material genético do papilomavírus humano (HPV), ou DNA, em amostras cervicais, como as colhidas durante o exame de Papanicolaou ou colposcopia. O teste Cervista foi aprovado pela Food and Drug Administration dos EUA em março de 2009 e foi o primeiro teste de DNA aprovado pelo FDA para detecção de HPV em mulheres.

  • Um subgrupo de papilomavírus humano (HPVs) é conhecido por causar câncer do colo uterino e de outras áreas genitais, os chamados HPVs de “alto risco”.
  • O teste Cervista é usado para diagnosticar a presença de DNA de HPVs de “alto risco” em amostras cervicais.
  • Dois testes diferentes estão disponíveis, conhecidos como Cervista HPV 16/18 e Cervista HPV HR.
    • Cervista HPV 16/18 é usado para diagnosticar a presença de DNA dos dois tipos de HPV mais comuns associados ao câncer, HPV 16 e 18.
    • Cervista HPV HR é usado para diagnosticar todos os 14 tipos de HPV de “alto risco” ou associados ao câncer. A escolha de qual teste usar depende de quais informações o médico do paciente deseja coletar.
  • A amostra para o teste é colhida da mesma forma que o teste de Papanicolaou.
  • O teste de Cervista não é recomendado para rastreamento de rotina; em vez disso, é usado em combinação com o exame físico, o histórico médico e outros testes para ajudar a tomar decisões sobre o manejo e o acompanhamento caso a caso.
Leia Também  O enxaguatório bucal não o salvará do COVID-19

Como é feito o teste de HPV?

  • Para o teste Cervista, uma amostra é retirada do colo do útero da mesma forma que uma amostra para o teste de Papanicolaou. Pode ser realizado ao mesmo tempo que o teste de Papanicolaou ou a colposcopia.
  • Não há preparação especial necessária para o teste, embora as mulheres devam tentar agendar Cervista e outros testes de triagem sobre duas semanas após seu último período menstrual e tente evitar que o teste seja realizado durante o período menstrual.
  • Os resultados geralmente ficam prontos quase ao mesmo tempo que os resultados normais do exame de Papanicolaou.

Quem deve receber a vacina contra o HPV?

A infecção do papilomavírus humano (HPV) do colo do útero pode levar ao câncer cervical. Uma vacina projetada para prevenir o câncer cervical e outras doenças causadas pela infecção por HPVs foi aprovada para uso nos Estados Unidos em junho de 2006. Esta foi a primeira vacina a ser desenvolvida contra um fator de risco conhecido para o desenvolvimento de um câncer.

O que é o papilomavírus humano (HPV)?

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br
  • Dos mais de 100 tipos de papilomavírus (HPVs) que infectam humanos, mais de 40 tipos podem infectar o trato anogenital (trato genital e ânus) de homens e mulheres e causar verrugas genitais (conhecidas como condiloma acuminado ou verrugas venéreas).
  • Um subgrupo de HPVs que infecta o trato anogenital pode levar a alterações pré-cancerosas no colo uterino e causar câncer cervical ou outros cânceres genitais em mulheres.
  • Os tipos de HPV que causam câncer cervical também foram associados ao câncer anal e peniano em homens.
  • Os tipos de HPV mais comuns que infectam o trato anogenital são HPV tipos 6, 11, 16 e 18 (HPV-6, HPV-11, HPV-16 e HPV-18), embora outros tipos de HPV também possam infectar o trato anogenital.
  • Entre estes, HPV-6 e HPV-11 estão mais comumente associados a lesões benignas, como verrugas genitais e displasia leve do colo do útero (alterações potencialmente pré-cancerosas na aparência das células cervicais sob um microscópio) e são denominados tipos de HPV de “baixo risco”.
  • Em contraste, HPV-16 e HPV-18 são os tipos encontrados na maioria dos cânceres cervicais e anogenitais, bem como na displasia severa do colo do útero.
  • Eles pertencem ao chamado grupo de HPVs de “alto risco”. Doze outros tipos de HPV também foram identificados como causas de câncer cervical e outros cânceres genitais, embora sejam menos comuns do que HPV-16 e -18.
  • As infecções por HPV são transmitidas principalmente pela intimidade sexual e o risco de infecção aumenta à medida que aumenta o número de parceiros sexuais.
Leia Também  Controle de açúcar no sangue pode ajudar na recuperação de derrames em pacientes com diabetes

O que é o teste de HPV?  Falsos positivos, resultados, diretrizes 4

SLIDESHOW

12 DSTs evitáveis: imagens, sintomas, diagnóstico, tratamento
Ver a apresentação de slides

Quem deve ser testado para HPV?

  • O teste Cervista não é usado para rastreamento de rotina de todas as mulheres e não se destina a ser um teste independente. Não é recomendado para teste em mulheres com menos de 30 anos de idade com resultados de citologia (Pap) normais.
  • Cervista foi desenvolvido para uso em mulheres com 30 anos ou mais ou mulheres com resultados de triagem de Papanicolaou confusos ou limítrofes, como ASC-US (células escamosas atípicas de significado desconhecido) ou lesões intraepiteliais escamosas de baixo grau (LSIL).
  • Ele pode fornecer mais informações sobre o risco de câncer do colo do útero para mulheres que podem ter alterações pré-cancerosas do colo do útero.
  • De acordo com o fabricante, o teste Cervista “deve ser usado em conjunto com informações clínicas derivadas de outros testes de diagnóstico e triagem, exames físicos e histórico médico completo de acordo com os procedimentos apropriados de gerenciamento do paciente”.

O que significam os resultados de um teste de HPV?

  • Um resultado de teste positivo não significa que uma mulher terá câncer cervical.
  • Os resultados do teste são usados ​​para ajudar a estimar o risco de uma mulher desenvolver câncer cervical ou para estimar a gravidade ou o risco de achados que podem não estar claros no exame físico e no exame de Papanicolaou.
  • Conforme discutido anteriormente, os resultados do teste de HPV Cervista não são interpretados isoladamente, mas em combinação com o teste de Papanicolaou, histórico médico e exame físico.
  • O teste fornece mais uma informação para ajudar o profissional de saúde a tomar as melhores decisões sobre monitoramento e tratamento adicionais para cada mulher, caso a caso.
Leia Também  Para grávidas, preparação e resultados

Últimas notícias de saúde sexual

Avaliado clinicamente em 01/07/2021

Referências

Revisado clinicamente por Wayne Blocker, MD; Obstetrícia e Ginecologia Certificadas pelo Conselho

REFERÊNCIA:

FDA.gov. Primeiro teste de DNA aprovado pela FDA para dois tipos de papilomavírus humano. Comunicado à imprensa, 13 de março de 2009.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br