Novo espaço e apoio às start-ups agroalimentares com o projeto Agrofood Bic


Agrofood Bic é uma camisa polo criado por um grupo de empresas que giram em torno do mundo agro-alimentar (Granarolo, Gellify, Camst, Conserve Itália, Cuniola Società Agricola e Eurovo) para criar novas start-ups. Os segmentos para os quais projetar variam de alimentos saudáveis ​​à rastreabilidade de produtos, desde embalagens sustentáveis ​​até a entrega de alimentos e agricultura de precisão. A iniciativa prevê financiamento para o primeiro ano de meia dúzia de projetos com 15 mil euros cada, com a possibilidade de ser revitalizado com outros 20 mil euros.

As startups serão selecionadase por um comitê científico. A novidade em comparação com outras iniciativas similares na área é que as novas ideias encontrarão escuta e apoio nas várias empresas da Agrofood Bic, que fornecerão laboratórios, especialistas e assim por diante, para resolver as dificuldades organizacionais, operacionais e estratégicas necessárias para chegar a um resultado. Esta contribuição logística é muito interessante porque estas são frequentemente as principais dificuldades encontradas pelas start-ups para se estabelecerem no mercado.

Entre os sujeitos que irão colaborar no novo Na incubadora, há também a Universidade de Bolonha, Enea, a agência nacional para novas tecnologias energéticas e desenvolvimento econômico sustentável, e a Aster, a empresa da Região para pesquisa em inovação.

Sara Rossi

Elaboração de jornalista Il Fatto Alimentare