Nestlé, o experimento de barras inovadoras com menos açúcar falhou

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


nestle milkybar wowsomes barretteNestlé desiste e encerra a produção do lanche de chocolate Milkybar Wowsomes, lançado no Reino Unido e na Irlanda em 2018 como um produto altamente inovador. O chocolate, de fato, continha um açúcar obtido com uma tecnologia que permite ter cristais perfurados. A estrutura específica fez com que derretesse rapidamente na boca, garantindo a sensação doce habitual com 30% de açúcar menos eficaz. Mas, aparentemente (a empresa não forneceu muitas explicações oficiais), as vendas foram decepcionantes e o experimento foi considerado malsucedido.

permanecer os produtos da linha More, com 30% menos açúcar, uma barra Kit Kat com framboesas e avelãs e um Yorkie com aveia, maçã e canela, que estão à venda desde o último verão, sempre no Reino Unido e na Irlanda. A situação, de acordo com o que o site relata Food Diveno entanto, pode ser um pouco mais complicado. o a decisão é surpreendente se você acha que, na época, o lançamento havia sido feito em grande escala. O lanche foi apresentado como o primeiro produto do gênero no mundo, enfatizando que a tecnologia, patenteada em 2016, exigia anos de estudo e, em seguida, a otimização dos processos de produção. Além disso, a Nestlé observou que o produto atendia aos pedidos dos pais de produtos agradáveis, mas menos calóricos.

Varejistas, como a cadeia Tesco, que haviam verificado a apreciação durante uma promoção, descobriram que os clientes apreciavam o novo chocolate, dando-lhe uma classificação de 4,4 em uma escala de 5. Mesmo se tratando de julgamentos relacionados à oferta, parece improvável que o o gosto despencou em alguns meses.

kitkat-yorkie-more-bars
A Nestlé também lançou as barras Kit Kat e Yorkie da linha More, com 30% menos açúcar

Por outro lado, o caso ilustra bem a situação em que muitas empresas se encontram: quando tentam propor versões “mais saudáveis” dos produtos consolidados. Os clientes que não reconhecem o sabor podem não gostar da novidade.

Então você tem que levar em conta a situação britânica. Em 2016, o governo havia convidado empresas a reduzir o açúcar em produtos para crianças e jovens em 20% até 2020. Em maio de 2018, uma pesquisa deu um resultado desanimador: a redução, quando havia, era em média 5 %. Isso explicaria a aceleração nos últimos meses, talvez feita com pouca convicção, mesmo que apresentada com grande alarde.

Nos Estados Unidos estamos procedendo de outra maneira, substituindo os açúcares por outros adoçantes naturais, para que possamos alegar ter reduzido o primeiro. A mesma estratégia foi adotada no Japão pela Nestlé, que ofereceu um Kit Kat à venda, adoçado com polpa de cacau, para provar que os experimentos sobre como modificar receitas sem perder clientes continuam.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

não sa reação é sempre negativa. O site cita o caso das barras Mars e Snickers, das quais a multinacional Mars propôs, há um ano, novas versões com mais proteínas e, respectivamente, 40% e 30% menos açúcar. Mondelēz fez o mesmo com o chocolate de leite Cadbury, também com 30% menos açúcar e fibra de milho solúvel como adoçante. Em todos esses casos, a recepção do público, pelo menos nos primeiros meses, tem sido muito positiva.

© Reprodução reservada

Leia Também  Pret a Manger compra Eat e transforma em restaurantes vegetarianos e veganos
Agnese Codignola

jornalista científico



cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br