Mestre em nutrição e dietética aplicada: o registro está aberto


ol mestre segundo nível em “Dieta e Dietética Aplicada (ADA)"Do departamento médico da Universidade de Milão-Bicocca abriu as inscrições, para a sua sexta edição. O curso destina-se a licenciados em Medicina e Cirurgia, Farmácia, Biologia, Biotecnologia, Nutrição e Nutrição Humana, Ciências Alimentares e Dietéticas e Dietéticas, com o objectivo de transmitir as competências e informações necessárias para se especializar no campo da dietética e nutrição. humana.

Alunos matriculados na Mestra Participará em aulas teóricas e práticas, num total de 38 ECTS. O Corsoconsist em cinco módulos: bioquímica da nutrição, nutrição em condições fisiológicas, intervenções alimentares em condições metabólicas, comunicação e educação nutricional, sistemas de restauração na comunidade. As lições, como nos anos anteriores, terão lugar nas manhãs e tardes de sexta-feira e sábado, na sede da Universidade Bicocca em Monza. Além de palestras e exercícios, o programa de mestrado inclui um estágio (500 horas, igual a 20 UFC), que pode ser realizado em instalações afiliadas à Universidade, como hospitais, institutos de saúde, nutricionistas, empresas de catering coletivo e muito mais .

ol mestre fornece um número máximo de 25 participantes e a participação requer a aprovação em um teste de admissão (escrito e oral). As inscrições para a seleção devem ser apresentadas até o dia 18 de setembro. O curso terá duração de 13 meses, a partir de 8 de novembro de 2019, data de início das aulas, até dezembro de 2020, e requer uma taxa de participação de 3.000 euros. Para mais informações, consulte o site dedicado.

© Reprodução reservada

Se você chegou aqui …

… você é uma das 40 mil pessoas que leem nossas notícias sem limitações todos os dias porque damos a todos acesso gratuito. Il Fatto Alimentare, ao contrário de outros sites, é um jornal online independente. Isso significa não ter um editor, não estar vinculado a lobbies ou partidos políticos e ter anunciantes que não interfiram com nossa linha editorial. Para isso, podemos escrever artigos que sejam favoráveis ​​ao imposto sobre bebidas açucaradas, para neutralizar o consumo exagerado de água engarrafada, para relatar advertências alimentares e para denunciar anúncios enganosos.

Tudo isso é possível também graças às doações dos leitores. Suporte Il Fatto Alimentare até um euro.

Giulia Crepaldi