higiene, prevenção, alimentos e animais, o que fazer?

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


23 de fevereiro de 2020
planeta

higiene, prevenção, alimentos e animais, o que fazer? 7Publicamos as perguntas e respostas sobre regras de higiene, prevenção, alimentação e o que fazer com os animais em relação ao coronavírus. As perguntas frequentes foram divulgadas pelo Ministério da Saúde em 22 de fevereiro após a situação piorar.

1. Como o novo Coronavírus se espalha? O novo coronavírus é um vírus respiratório que se espalha principalmente pelo contato com as gotículas da respiração das pessoas infectadas, por exemplo, quando espirram, tossem ou assoam o nariz. Portanto, é importante que as pessoas doentes apliquem medidas de higiene, como espirrar ou tossir em um tecido ou com os cotovelos flexionados e jogar tecidos usados ​​em uma cesta fechada imediatamente após o uso e lavar as mãos frequentemente com água e sabão ou soluções alcoólicas. .
2. Quais são as regras para desinfecção / lavagem das mãos? A lavagem e desinfecção das mãos são a chave para prevenir a infecção. Você deve lavar as mãos frequentemente e completamente com água e sabão por pelo menos 60 segundos. Se não houver água e sabão, um desinfetante para as mãos à base de álcool (concentração de álcool de pelo menos 60%) também pode ser usado.
3. Quanto tempo o novo Coronavírus sobrevive nas superfícies? Informações preliminares sugerem que o vírus pode sobreviver várias horas, mesmo se ainda estiver em estudo. O uso de desinfetantes simples é capaz de matar o vírus, cancelando sua capacidade de infectar pessoas, por exemplo, desinfetantes contendo 75% de álcool (etanol) ou 1% à base de cloro (água sanitária).
4. É seguro receber encomendas da China ou de outros países onde o vírus foi identificado? Sim, é seguro. A OMS disse que as pessoas que recebem encomendas não correm o risco de contrair o novo Coronavírus, porque é incapaz de sobreviver em superfícies por muito tempo.

higiene, prevenção, alimentos e animais, o que fazer? 8

Alimentos e animais 1. As pessoas podem obter nova infecção por Coronavírus de animais? Investigações detalhadas descobriram que, na China em 2002, o SARS-CoV foi transmitido de gatos da cidade para humanos e, na Arábia Saudita em 2012, o MERS-CoV de dromedários para humanos. Numerosos coronavírus conhecidos circulam em animais que ainda não infectaram seres humanos. À medida que a vigilância melhora em todo o mundo, é provável que mais coronavírus sejam identificados. A fonte animal do novo Coronavírus ainda não foi identificada. Supõe-se que os primeiros casos humanos na China sejam derivados de uma fonte animal.
2. Posso obter infecção do meu animal de estimação? Não, no momento não há evidências científicas de que animais de estimação, como cães e gatos, tenham contraído a infecção ou possam transmiti-la. É recomendável lavar as mãos frequentemente com água e sabão ou usar soluções alcoólicas após o contato com os animais.
3. As importações de animais ou produtos de origem animal da China são possíveis? Devido à presença de algumas doenças animais contagiosas na China, apenas alguns animais vivos e produtos animais não processados ​​estão autorizados a importar da China para a União Europeia. Não há evidências de que algum dos animais ou produtos de origem animal autorizados a entrar na União Europeia represente um risco à saúde dos cidadãos da UE devido à presença de SARS-CoV-2 na China.
4. É possível importar produtos alimentícios da China? Tal como acontece com as importações de animais e produtos de origem animal, devido à situação de saúde animal na China, apenas alguns produtos alimentares de origem animal são autorizados para importação na UE da China, desde que cumpram rigorosos requisitos de saúde e sejam foram verificados. Pelas mesmas razões, os viajantes que entram no território aduaneiro da UE não podem transportar carne, produtos à base de carne, leite ou laticínios na bagagem.Vírus, Coronavírus, epidemia
Prevenção 1. Existe uma vacina para um novo coronavírus? Não, sendo uma doença nova, ainda não existe vacina e, para fazer uma ad hoc, os tempos também podem ser relativamente longos (estima-se 12 a 18 meses).
2. O que posso fazer para me proteger? Mantenha-se informado sobre a propagação da epidemia, disponível no site da OMS e tome as seguintes medidas de proteção pessoal:
– lave as mãos frequentemente com água e sabão ou com soluções à base de álcool para eliminar o vírus das mãos;
– mantenha uma certa distância (pelo menos um metro) de outras pessoas, especialmente quando tossir ou espirrar ou se tiver febre, porque o vírus está contido nas gotículas de saliva e pode ser transmitido pela respiração a curta distância;
– evite tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos se tiver febre, tosse ou dificuldades respiratórias e tiver viajado recentemente para a China ou se tiver estado em contato próximo com uma pessoa que retornou da China e tem doença respiratória;
– se tiver febre, tosse ou dificuldades respiratórias e tiver viajado recentemente para a China ou se tiver mantido contato próximo com uma pessoa que retornou da China e sofra de doença respiratória, informe-a no número gratuito 1500, estabelecido pelo Ministério da Saúde. Lembre-se de que existem várias causas de doenças respiratórias, e o novo coronavírus pode ser uma delas. Se você tiver sintomas leves e não esteve recentemente na China, fique em casa até que os sintomas sejam resolvidos aplicando medidas de higiene, que incluem a higiene das mãos (lave as mãos frequentemente com sabão e água ou soluções alcoólicas) e maneiras respiratório (espirrar ou tossir em um tecido ou com o cotovelo flexionado, use uma máscara e jogue os tecidos usados ​​em uma cesta fechada imediatamente após o uso e lave as mãos).
3. O vírus é transmitido através dos alimentos? Normalmente, doenças respiratórias não são transmitidas com alimentos, que, em qualquer caso, devem ser tratados respeitando as boas práticas de higiene e evitando o contato entre alimentos crus e cozidos.
4. Eu tenho que usar uma máscara para me proteger? A Organização Mundial da Saúde recomenda o uso de máscara somente se você suspeitar que contraiu o novo Coronavírus e tiver sintomas como tosse ou espirro ou se estiver cuidando de uma pessoa com suspeita de nova infecção por Coronavírus (recente viagem à China e sintomas respiratórios) . O uso da máscara ajuda a limitar a propagação do vírus, mas deve ser adotado além de outras medidas de higiene respiratória e das mãos. Não é útil usar várias máscaras sobrepostas.
5. Como devo colocar e desligar a máscara? Veja como fazer: antes de colocar a máscara, lave as mãos com água e sabão ou com uma solução alcoólica;
– cubra a boca e o nariz com a máscara, certificando-se de que adere bem ao rosto
– evite tocar na máscara enquanto a estiver usando; se você a tocar, lave as mãos;
– quando ficar úmido, substitua-o por um novo e não o reutilize; de fato são máscaras descartáveis;
– remova a máscara retirando-a do elástico e não toque na frente da máscara; jogue-o imediatamente em um saco fechado e lave as mãos.
6. Existe um tratamento para um novo coronavírus? Não há tratamento específico para a doença causada por um novo coronavírus. O tratamento deve ser baseado nos sintomas do paciente. Os cuidados de suporte podem ser muito eficazes. Terapias específicas estão sendo estudadas.
7. Os antibióticos podem ajudar a prevenir a nova infecção por coronavírus? Não, os antibióticos não são eficazes contra vírus, mas funcionam apenas contra infecções bacterianas.
Diagnóstico 1. Você é submetido a exames de sangue ou outras amostras biológicas para saber se contraiu o novo coronavírus (SARS-CoV-2)? Não. Atualmente, não há kits comerciais para confirmar o diagnóstico de nova infecção por coronavírus. O diagnóstico deve ser realizado nos laboratórios regionais de referência, em amostras clínicas respiratórias, de acordo com os protocolos de PCR em tempo real para SARS-CoV-2 indicados pela OMS. Em caso de positividade para o novo coronavírus, o diagnóstico deve ser confirmado pelo laboratório nacional de referência do Istituto Superiore di Sanità.
Roberto La Pira

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Jornalista profissional, licenciatura em Ciências da Preparação de Alimentos


animais alimentos coronavírus perguntas higiene prevenção

Olha aqui


higiene, prevenção, alimentos e animais, o que fazer? 9

O Ministério da Saúde e o Instituto Superior de Saúde emitiram o decálogo para seguir …



cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br
Leia Também  Hambúrgueres vegetarianos com tofu e avelãs - hambúrgueres vegetarianos